MEGA 21

Central de Atendimento


telefone (21) 3325-4242
MEGA 21
 
Você está em: Inicial >> Artigo >> 625 Calcio de Conchas de Ostras Ou Simplesmente Calcio de Ostras

Artigo


Loja Mega 21




Cálcio de Conchas de Ostras ou simplesmente Cálcio de Ostras


05/01/2011 10:00

Cálcio de Conchas de Ostras ou simplesmente Cálcio de Ostras


Cálcio de Conchas de Ostras ou simplesmente Cálcio de Ostras



O cálcio de ostras é obtido a partir de conchas de ostra, é um dos minerais mais importantes do corpo humano. Ossos e dentes contêm grande quantidade deste mineral que os ajuda a mantê-los firmes e rígidos. O Cálcio é também necessário para outras funções importantes, incluindo ações sobre nervos e músculos e ainda para a coagulação sanguínea. No organismo, quando o nível de cálcio da dieta está muito baixo, o mesmo será retirado dos ossos para manter estas funções, tornando-os frágeis e quebradiços.

Muitos grupos correm riscos de deficiência de cálcio: idosos, especialmente as mulheres, são vulneráveis, pois com o envelhecimento também aumenta a dificuldade de absorção de cálcio nos intestinos, acrescenta-se a isto o fato de que com a idade também se tende a ingerir uma menor quantidade de cálcio na alimentação.

Mulheres na fase pós-menopausa apresentam, frequentemente, deficiência de cálcio. Outros grupos de risco são os usuários excessivos de álcool e cafeína, pessoas sedentárias ou que seguem dietas com baixas calorias, dietas com alto teor de fibras e proteínas, pessoas com intolerância a lactose e gestantes.

Saiba mais sobre o Cálcio:

O cálcio é o mineral com maior concentração no nosso organismo.

O cálcio e o Potássio juntos formam e mantêm dentes e os ossos sadios.

O cálcio e o magnésio, juntos, mantêm a saúde do sistema cardiovascular.

20% do cálcio contido nos ossos é reabsorvido e substituído a cada ano.

Cálcio, ferro, magnésio e chumbo competem pela absorção e fixação do osso.

Para absorver o cálcio, o organismo deve dispor de vitamina D em quantidade suficiente para facilitar a absorção intestinal.


Principais funções do cálcio no nosso organismo:

- Manter fortes e saudáveis os dentes e ossos; a coagulação do sangue (ativa a protrombina); normal a pressão arterial; o ritmo sinusal; a contratibilidade muscular

- Diminuir a insônia

- Ajudar a metabolizar o ferro do organismo; do sistema nervoso e especialmente na transmissão de impulsos.

- Proteger contra o câncer.

Doenças causadas por carência de cálcio:

Raquitismo, osteomalácia, osteoporose.

Condições em que o organismo retira cálcio dos ossos

Excesso de vitamina D

Excesso de fósforo alimentar (refrigerantes, enlatados)

Metabolismo glicídio alterado

Alcoolismo

Vida sedentária

Acidose metabólica

Ingestão excessiva de proteínas

Hiperparatireoidismo

Hipertireoidismo

Exposição a metais pesados

Consumo excessivo de café, chocolate, chá e vinhos

Baixa calcitonina (hipoparatireoidismo)

Uso crônico de diuréticos

Estimulante (cafeína)

Baixa de estrogênios

Má absorção de magnésio

Acloridria

Metabolismo alterado da vitamina D

Sódio elevado

Baixos índices de vitamina C

Lesão renal ou hepática crônica

Doenças causadas pelo excesso de consumo

Doses diárias acima de 2.000 mg podem levar à hipercalcemia, causar prisão de ventre e aumentar o risco de infecções do trato urinário.

Benefícios do uso de suplementos de cálcio

- Alívio de dores nas costas com suplementos de cálcio quelato ou de citrato de cálcio;

- Alívio de cólicas menstruais;

- Alívio das dores do crescimentos nos adolescentes;

- Prevenção do câncer de cólon e reto;

- Redução do colesterol consequentemente ajudando a prevenir as doenças cardiovasculares;

- Ajuda o sistema nervoso (tranqüilizante natural);

- Ajudar a aliviar câimbra;

- Tratamento e prevenção da artrite;

- Manutenção da pele saudável.

Observações:

- Os hipoglicêmicos devem consumir mais cálcio (1.000 a 1.500 g de citrato de cálcio, para melhor absorção)

- Os refrigerantes em excesso (que possui alto teor de fósforo) esgotam as reservas de cálcio aumentando a chance de osteoporose e câncer

- O cálcio é mais eficaz se ingerido junto com as vitaminas A, C, D, Fe, magnésio e fósforo

- Cálcio, magnésio, vitamina D, boro (3 mg/dia), combinados, ajudam na prevenção de osteoporose.

- O cálcio pode prejudicar a eficácia da tetraciclina.

- Grandes quantidades de gordura, ácido oxálico (encontrado no chocolate, espinafre, acelga, salsa, beterraba, ruibarbo) e ácido fítico (presentes nos grãos) podem impedir a correta absorção do cálcio.

- Quando o nível de cálcio abaixa no organismo ele retira cálcio dos osso para manter os níveis estáveis.

Causas de baixos níveis de Cálcio

- Deficiência de ingestão

- Excesso de Potássio

- Excessode cafeína

- Sedentarismo

- Pouca exposição a luz solar

- Idade avançada

- Má absorção intestinal

- Alergias alimentares.

Sintomas de deficiência de cálcio

- Osteoporose

- Osteomalácia

- Ansiedade

- Otoesclerose

- Parestesias

- Insônia

- Nos casos graves: tetania.

Aumentam a absorção de cálcio pelo organismo

- Lactose

- Lisina

- Glicina.

Diminui a absorção de cálcio pelo organismo

- Excesso de fósforo

- Deficiência de vitamina D

- Dieta rica em fibras

- Hipocloridria

- Ácido oxálico (tomates, espinafre, derivados do cacau)

- Proteínas e gorduras em excesso.

Aumentam a excreção de cálcio pelo organismo

- Cafeína

- Sal (cloreto de sódio) e sedentarismo.

Metabolismo ósseo

- O magnésio compete pela absorção e fixação no osso. A complementação de ser feita na proporção: 2 cálcio : 1 magnésio.

- As tetracilinas e penicilinas funcionam como quelantes do cálcio: seu uso excessivo na gravidez pode ocasionar má formação óssea e má dentição do bebê.

- Baixos níveis de estrogênios provocam deslocações do cálcio ósseo.

O Cálcio está indicado para a prevenção de:

- Osteoporose

- Câncer de colo

- Hipertensão arterial sistêmica

- Cãibras

A anamnese e os exames para diagnóstico (RX, densitometria) podem confirmar problemas ósseos (rarefação, osteoporose) mesmo com o resultado de cálcio elevado no mineralograma.

O cálcio elevado pode ser conseqüência da deficiência plasmática do mineral ou do balanço negativo do cácio intracelular e maior do ca extracelular. Embora seja paradoxal, muitas vezes o valor elevado de cálcio nos cabelos deve-se a baixos níveis plasmáticos.

Os valores elevados de cálcio no mineralograma podem significar: osteoporose, rarefação óssea, artrite, doença periodontal, bursite, hipertireoidismo, exposição a RX, calcificação de tecidos moles (artérias, tendões). Litíase Renal.

Dosagem média de minerais encontrados nas conchas de ostras:

Fósforo (ug / g) 195

Potássio (ug / g) 393

Cálcio (ug / g) 400.000

Magnésio (ug / g) 2190

Ferro (ug / g) 2065

Zinco (ug / g) 4

Cobre (ug / g) <0,7

Manganês (ug / g) 643

Boro (ug / g) 13

Molibdênio (ug / g) 1

Cromo (ug / g) 2

Níquel (ug / g) 2

Cobalto (ug / g) <0,3

Sódio (ug / g) 1920

Vanádio (ug / g) 5



Prebióticos e Probióticos


A MEGA 21 NUTRITION possui produtos a base de fibras para a obesidade, constipação e necessidades diárias que auxiliam a reeducação alimentar
Saiba mais


FONTE: Bibliomed
 

Bioplastia

 
MEGA 21 ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Política de Privacidade